3 de jan de 2014

Teus Sorrisos

"Quando me olhas profundamente,
dentro d'alma,
não creio que não percebas
ou tão pouco não sintas,
o quanto eu sinto.
Meus olhos te procuram
em meio a tantos na multidão.
É quase impossível não ouvir meus pensamentos;
gritos de desespero ecoam por todo o meu corpo,
minha mente percebe a bela imagem:
-teu sorriso é demais!-
Não creio que o obvio passe
insignificante aos teus olhos,
não creio que quando me olhas tão profundamente,
dentro d'alma,
não percebas ou tão pouco não sintas
o que eu sinto:
-meus sorrisos dependem tão somente dos seus!"
 
 
 
                            (Elisangela Paiva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário